Histórico

Histórico

Por meio da Lei 1.411 de 13 de agosto de 1951, foram criados o Conselho Federal de Economistas Profissionais e os Conselhos de Economistas Profissionais, órgãos competentes para a organização, cadastramento e fiscalização do exercício profissional do economista. Regulamentando a citada Lei foi editado o Decreto nº. 31.794, em 17 de novembro de 1.952.

Essas normas, apesar de algumas alterações ao longo dos anos, estabelecem a estrutura e o funcionamento dos Conselhos, suas atribuições, bem como dispõem sobre a fiscalização do exercício profissional.

Vale salientar duas importantes Leis que complementam a "Lei Mater" dos Economistas:

a. Lei nº. 6.021/74 – alterou a denominação para o Conselho Federal de Economia (Co.F.Econ.) e Conselho (s) Regional (ais) de Economia (Co.R.Econ.) – atual denominação.

b. Lei nº 6.537/78 – estabeleceu o regime jurídico de "autarquia" para os Conselhos de Economia.

Ambas foram incorporadas ao texto da Lei 1.411/51.

A resolução 007/98 de 04 de agosto de 1998 cria a Delegacia Regional no estado do Tocantins com sede na cidade de Palmas. Tendo como Delegada Regional a Economista Ester Márcia Leal, até fevereiro de 1999. Em 23 de a portaria 002/99 designa o Economista Aguinaldo Olindo de Almeida Filho como delegado do Conselho Regional de Economia da 18ª Região GO/TO na Cidade de Palmas, até 31 de dezembro de 1999, que foi designado como delegado pela portaria 002/00 de 21 de fevereiro de 2000, para o exercício de 2000. Em 2001 teve como Delegado o Economista Vilmar Carneiro Wanderley, que passou ao Conselho Federal de Economia de criação do Conselho regional de Economia do Tocantins.

O processo 9.452/01 de criação do Conselho Regional de Economia foi apresentado na 541ª Sessão Plenária Ordinária do COFECON realizada dias 07 e 08 de dezembro de 2001, e teve posicionamento favorável.

O Conselho Regional de Economia do Tocantins foi criando pela resolução do COFECON nº 1.684, de 12 de dezembro de 2001. Passou a funcionar a partir do mês de janeiro de 2002, o Conselheiro Economista Vilmar Carneiro Wanderley, foi indicado em reunião plenária realizada dia 02 de janeiro de 2002, a presidência pelos outros conselheiros que formavam o plenário CORECON-TO, sendo reeleito em 2002 para presidente do exercício de 2003.

Para o exercício de 2004 foi eleito o economista Carlos Tadeu Zerbini Leão, foi eleito para presidir o CORECON-To no exercício de 2005.

Economista Juscelino Thomaz Soares, eleito como Presidente do CORECON-TO para o exercício de 2006, sendo reeleito, por escrutínio direto, para o exercício de 2007, sendo o primeiro presidente eleito pelo voto direto.

Nas eleições ocorrida em 2007 o Economista Cleber Noleto Maciel, foi eleito através de consulta direta para presidir o CORECON-TO no exercício de 2008.

Em 2009 aconteceu a homologação da consulta direta realizada em 2008, onde foi eleito o economista Claudiney Henrique Leal da Cunha para Presidente, sendo reeleito para o mandato de 2010.

O CORECON-TO é composto de 9 Conselheiros Efetivos e 9 Conselheiros Suplentes, sendo escolhido, dentre os efetivos, o Presidente e um Vice-Presidente, por um período de um ano, podendo ser reeleito para mais um mandato.

Sendo o mandato de cada conselheiro regional de 3 anos, sendo que anualmente são realizadas eleições para a renovação de 1/3 dos conselheiros efetivos e suplentes cujo mandato se expira.

Assine!

Assinando nosso NewsLetter abaixo você receberá nossas últimas atualizações por e-mail totalmente grátis!

Nos acompanhe!

Nossa Localização

Endereço:

Quadra 104 Sul (ACSE 01), Conjunto 04 Lote 12, Sala 107

Palmas-TO - CEP: 77020-020

Entre em contato!

Telefone:

(63) 3215-2886 / 3215-8660

E-mail

coreconto@gmail.com

Funcionamento

Horário de funcionamento
das 8:00 as 14:00.
Conselho Regional de Economia do Tocantins - Todos os direitos reservados